13/10/2018

[Curiosidades] Stephen King



Você pode até não gostar de ler, mas com certeza já ouviu falar de Stephen King. Conhecido como o mestre do terror, e considerado um dos maiores autores de sua geração, além de ser o autor vivo mais adaptado. Nesse Dia Mundial do Escritor, que tal conhecer um pouquinho mais sobre esse autor que nos faz passar noite em claro?
Stephen Edwin King nasceu em Portland, em 1947. King sempre foi apaixonado por histórias, incluindo Tales From The Crypt (Contos da Cripta), que estimulou seu gosto pelo terror e pela escrita. E foi aí que tudo começou. King passou escrever histórias de terror e vendê-las na escola. Além de alguns fãs, conseguiu a desaprovação de seus professores, e foi parar na diretoria por isso.


Formado em Inglês pela Universidade do Maine, onde conheceu Tabitha. Eles se casaram em 1971. Eles tiveram 3 filhos: Naomi, Joe e Owen, sendo que esses últimos também vieram a tornar-se escritores. Joe é conhecido por Amaldiçoado e Mestre das Chamas, enquanto Owen publicou recentemente, junto com o pai, Belas Adormecidas.



Carrie foi para o lixo


O primeiro roteiro de Carrie, a Estranha, foi para o lixo! King não estava satisfeito com o enredo do livro, principalmente por estar se aventurando no Universo Feminino, o qual ele não era habituado. Porém, sua esposa pegou as páginas do livro e, após ler tudo, ela disse que ele deveria finalizar a história, dizendo que o ajudaria com a parte "feminina" do livro. Bom, deu certo. Os direitos do livro foram vendidos por 400 MIL DÓLARES.


King já foi alcoólatra


Durante muitos anos, Stephen King bebeu horrores, e até mesmo usou drogas ilícitas. Sério, a coisa era tão feia que ele não se lembra de ter escrito Cujo (fato que o autor comenta na entrevista que foi publicada na edição brasileira de Cujo, lançada recentemente pela Suma pelo selo Biblioteca Stephen King. Confira a resenha).

Ele comprou a van que o atropelou


Em 1999, enquanto fazia sua caminhada diária, ele foi atropelado por uma van. Teve traumatismo craniano e fraturas múltiplas. Posteriormente, ele acabou comprando a tal van, e ainda caminha com certa dificuldade até hoje.




King tem uma rotina bem rígida de escrita. Ele escreve cerca de 2 mil palavras por dia, o que dá cerca de 180 mil palavras em três meses (cerca de 780 páginas, ou seja, um livro de ótimo tamanho). E isso tudo deu resultado. King já publicou cerca de 60 livros, incluindo alguns sob o pseudônimo Richard Bachman.

Ele é apaixonado por carros. Inclusive, dois de seus romances têm carros como protagonistas: Christine e Buick 8.

A regra é clara: se você é escritor, você precisa ler. E King cumpre isso com louvor. O autor lê cerca de 80 livros por ano, o que dá cerca de 1,5 livros por semana. Mas nem só de livros vive Stephen King. Se não fosse escritor, o autor gostaria de ser um astro do rock.

Mas ser escritor lhe fez bem. Como dito no começo do post, King é o autor vivo mais adaptado, e seus livros já foram traduzidos para vários idiomas. Em 2014, Barack Obama lhe concedeu a Medalha Nacional das Artes, por sua contribuição para a literatura.

O autor já declarou publicamente que 'Salem ('Salem's Lot, no original, anteriormente publicado no Brasil como A Hora do Vampiro [E QUE SPOILER]. Confira a resenha). 



Dentre dezenas de livros, esses são os mais famosos do autor, sendo que muitos fãs consideram A Torre Negra a cereja do bolo, mesmo tendo levado 33 anos para ser finalizada:

Carrie, a Estranha
'Salem
O Iluminado
O Cemitério
It
A Dança da Morte
À Espera de um Milagre
Novembro de 63
Misery
Cujo
Mr. Mercedes
A Incendiária






Vários livros e contos ganharam adaptações cinematográficas, ou até mesmo séries. Alguns livros ganharam mais de uma adaptação:

It - Uma Obra-Prima do Medo / It - A Coisa (telefilme / filme)
A Incendiária (filme)
Novembro de 63 (série)
A Colheita Maldita (filme)
Jogo Perigoso (filme)
O Nevoeiro (série / filme)
Cemitério Maldito (filme)
Louca Obsessão (filme / teatro)
À Espera de um Milagre
O Apanhador de Sonhos (filme)


King já lançou um livro biográfico / para ajudar outros escritores, intitulado Sobre a Escrita. E, mesmo tendo completado 70 anos recentemente, o autor está firme e forte, lançando cada vez mais histórias. E aí, qual o último livro do autor que você leu?

Escrever é mágico, é a água da vida, como qualquer outra arte criativa. A água é de graça. Então beba.
Beba até ficar saciado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos no Instagram @dicasdojess