22/04/2018

[Resenha] Enquanto Eles Não Vêm



Ficha Técnica

Enquanto Eles Não Vêm
Autor: Robson Gundim 
Ano de Lançamento: 2018
Nº de páginas: 346

Ah, a literatura nacional. Se você não lê livros nacionais com frequência, você deveria. Não importa o gênero, temos autores tão bons quanto qualquer outra nacionalidade, e Enquanto Eles Não Vêm prova que também temos trabalhos de qualidade quando o assunto é horror.


O livro se passa na Bahia, sendo a maior parte em Paraíso Florestal, uma cidadezinha remota da região. Porém, essa "cidadezinha" já teve dias sombrios. Na primavera de 1978, um misterioso ataque assolou os habitantes da cidade. Vários anos depois, um grupo de soldados é enviado para investigar o sumiço de habitantes. Porém, esse grupo também desaparece.

E é aí que a história começa. Um novo grupo é enviado, mas não antes de sermos apresentados a cada um deles. Quando eles chegam à cidade, têm a brilhante ideia de se separarem, sendo que Lívia, a novata experiente (novata no grupo, mas experiente na área) fica com David. 


A cada parágrafo, sentimos as coisas piorarem cada vez mais. O suspense que assola a cidade parece uma grande névoa, num dia nublado. Quando pensamos que algo está sinistro o bastante, o autor nos prova que estamos errados, e que a bizarrice pode ir um pouco mais longe. Lívia e David passam a ser perseguidos por criaturas humanoides, e eles deduzem que, de alguma forma, aqueles são os moradores da cidade.


Correndo das criaturas como se não houvesse amanhã, eles se escondem numa mansão que há na floresta e, posteriormente, descobrem que aquela mansão pertenceu à família Mombach. Meus amigos, se até esse ponto a história já era bizarra, a partir daqui tudo fica insano. Lívia e David correm pelos longos corredores e cômodos da mansão, enquanto buscam alguma pista que os tirem dali. Porém, eles encontram documentos e relatos de vários membros da família Mombach, e descobrem que nem tudo era como eles esperavam.



Minhas partes favoritas foram as que envolviam os documentos da família Mombach. O autor sabia exatamente o que estava fazendo, e o suspense criado sobre a família é realmente aterrorizante e intrigante. Os mistérios só aumentam, e você não consegue parar de ler. Você precisa saber o que aconteceu, e torce para que os protagonistas saiam dali com vida, custe o que custar. De alguma forma, eles estão ligados com o fato de Paraíso Florestal ser uma cidade tão esquisita, e você não para de ler até descobrir o que é isso.

Parte da história é baseada nos contos de H.P. Lovecraft, e o autor soube como manter essa essência. E, como se a história já não fosse modafoca o bastante, há várias ilustrações, feitas pelo próprio autor, deixando-nos ainda mais imersos nessa história incrível. As cenas são bem descritas, e sangue não falta. O livro é recheado de suspense, mas é visceral quando necessário. Nós nos importamos com os personagens, e só queremos que eles escapem dali com vida. Como leitor, me identifiquei muito com Enquanto Eles Não Vêm. É o tipo de livro que eu gostaria de ter escrito.

Obs: agora o livro tem uma versão física, E TÁ LINDA PRA CACETE!

Adquira o seu aqui.

Nota: 





4 comentários:

  1. O livro parece ser realmente muito bom! Fiquei ansiosa para ler! Parabéns pela resenha maravilhosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ele é incrível mesmo. Quando tiver oportunidade, leia-o. Você vai amar.

      Obrigado!

      Excluir
  2. Que resenha maravilhosa, Jessé! Só tenho a agradecê-lo por ter se dedicado a leitura. Deu pra sentir que você mergulhou de agulha na história. Muito contente, amigo! Em breve lerei o seu livro também. ;) Grande abraço, e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que é isso, Robson. Essa leitura valeu cada segundo. Seu livro é fantástico!

      Muito obrigado! Mal posso esperar pelo seu feedback haha

      Excluir

Siga-nos no Instagram @dicasdojess