04/10/2018

[Curiosidades] Rádio UVB-76



A Rússia não é conhecida por ser o lugar mais tranquilo do mundo. Muito pelo contrário. Se você já estudou ao menos um pouquinho sobre o país, sabe que há muita coisa sinistra relacionada ao local, incluindo uma rádio supostamente assombrada.


A rádio UVB-76, também conhecida como The Buzzer, é uma rádio sintonizada na frequência 4.625 mHz que transmite ondas curtas. Esse é um dos mistérios que acercam o caso, porque ondas curtas é uma tecnologia ultrapassada, e que demanda uma quantidade gigantesca de dinheiro e energia para permanecer funcionando. Quem estaria financiando tudo isso?

Descoberta em 1982, a rádio chamou a atenção por emitir um único bip, repetidamente (cerca de 25 vezes por minuto, 24h por dia, todos os dias). E foi assim, bip após bip, até 1990.  Não, ninguém descobriu o objetivo da rádio ou quem a mantinha ligada, mas aconteceu algo ainda mais misterioso: o tom do bip mudou (e continua até hoje). Em 1997, a rádio emitiu sua primeira mensagem, e isso já foi o bastante para atiçar a curiosidade de todo mundo. A mensagem estava em russo, e em código.

Ya UVB-76, Tá UVB-76. 180 08 BROMAL 74 27 99 14. Boris, Roman, Olga, Mikhail, Anna, Larisa. 7 4 2 7 9 9 1 4

Mas nem tudo que é bom dura muito tempo. A partir daí, a rádio ficou em silêncio até 2002, quando transmitiu a seguinte mensagem:

UVB-76, UVB-76, 62 691 IZAFET 36 93 82 70

A próxima mensagem só ocorreu em 2006:

UVB-76, UVB-76. 75-59-75-59. 39-52-53-58. 5-5-2-5. Konstantin-1-9-0-9-0-8-9-8-Tatiana-Oksana-Anna-Elena-Pavel-Schuka. Konstantin 8-4. 9-7-5-5-9-Tatiana. Anna Larisa Uliyana-9-4-1-4-3-4-8.

Como podem perceber, a rádio recebeu o nome de UVB-76 porque essa é a primeira palavra dita nas transmissões, como se fosse alguma senha, código ou código de ativação (como um gatilho para alguma coisa). Outra coisa notável é que nomes russos são ditos aleatoriamente.

Em algumas raras oportunidades, foi possível ouvir russos conversando:

Eu sou o 143º. Eu não recebo o oscilador (gerador).
Isso é o que a sala de operações está emitindo.





Em 2010, houve um acontecimento inesperado na rádio. No dia 5 de junho de 2010, a rádio ficou fora, durante 24h. Porém, algumas coisas em código Morse foram transmitidas, e a rádio voltou ao normal no dia seguinte. Para alguns, pode ter sido um terror a rádio ter ficado 24h fora do ar, após tanto tempo transmitindo sem interrupções. Porém, nem tudo foi tão ruim. O período entre cada transmissão diminuiu. Em setembro, a rádio transmitiu 38 segundos de Dança dos Pequenos Cisnes, de  O Lago dos Cisnes.

Dias depois, outra mensagem foi ao ar:

Mikhail Dmitri Zhenya Boris. Mikhail Dmitri Zhenya Boris. 04 979 D-R-E-N-D-O-U-T. T-R-E-N-E-R-S-K-I-Y.

A partir desse momento, o prefixo de todas as mensagens foi substituído por Mikhail Dmitri Zhenya Boris, "rebatizando" a rádio de UVB-76 para MDZhB,.

Teorias


Há quem acredite que a rádio tenha algum envolvimento militar, como ordens para lançamento de mísseis ou coisa do tipo, ou até mesmo comunicação entre agentes secretos russos ao redor do globo. Obviamente, o governo russo desmentiu (e diriam a verdade, se tivessem algo a ver com o assunto?)

Foi descoberto que, até o ano de 2010, a rádio estava localizada num complexo militar russo, em Povarovo, uma cidade a mais ou menos 40km de Moscou, capital da Rússia. Pouco antes dessa descoberta, os moradores da cidade disseram que uma névoa cobriu o local por um tempo. Quando militares visitaram o local, em busca de pistas, não acharam absolutamente nada relevante lá.

Confira o tour pelo local:


E aqui estamos nós, falando de uma rádio que transmite HÁ MAIS DE TRINTA ANOS, e ninguém sabe pra quê serve e, pelo visto, não saberemos tão cedo. O mínimo que podemos fazer é ouvi-la. O esloveno Andrus Aaslaid transmite o sinal para quem não tem rádio amador, ou seja, você pode acompanhar os bips da MDZhB aqui (clique nessa versão USB FEED: UVB-76 (USB on 4.625MHz, 4.5kHz bandwidth. Ele vai baixar um arquivo de áudio).


Nenhum comentário:

Postar um comentário