07/10/2018

[Curiosidades] O Sanatório de Waverly Hills


Muitos podem não acreditar, mas alguns afirmam que vários lugares do mundo são assombrados, seja por demônios ou por almas atormentadas. O sanatório de Waverly Hills, em Kentuck, é considerado um dos lugares mais assombrados do mundo. Durante todos os anos em que ficou aberto, estima-se que mais de 63 mil pessoas tenham morrido lá.


Em 1900, a cidade de Louisville foi coberta por um surto de tuberculose. O sanatório Waverly Hills foi aberto em 1910, para cuidar desses pacientes. Um edifício de dois andares, feito de madeira. Havia um edifício principal e e dois pavilhões ao ar livre, totalizando 40 leitos, para tratar dos casos iniciais. Porém, com o tempo, a doença se alastrou, e mais pavilhões precisaram ser instalados, totalizando 150 leitos, sendo que 1/3 disso pertencia ao pavilhão infantil


Infelizmente, pelo fato de todo o prédio ser de madeira, sua manutenção era muito complicada. Levando isso em conta, as autoridades construíram um prédio ainda maior, com cinco andares e espaço para mais de 400 leitos. O prédio foi inaugurado em 1926. Durante todo esse período, vários pacientes morreram.




O sanatório foi criado no topo de uma colina (hill). Para evitar que médicos, enfermeiros e fornecedores fizessem uma subida ruim, foi construído um túnel de 150 metros de comprimento, que levava da base da colina até o hospital. Havia um conjunto de trilhos e um carro movido por um sistema de cabo motorizado para que suprimentos pudessem sem transportados com mais facilidade.

Como muitas pessoas morreram durante o tratamento, o túnel e o carrinho foram utilizados para transportar os corpos até a base da colina, onde os carros funerários aguardavam.

Hoje em dia, esse túnel é conhecido por conter várias atividades paranormais.



Em 1943, foi colocado estreptomicina no hospital, o primeiro agente eficaz contra a tuberculose. O tratamento funcionou, reduzindo o número de casos. Logo, um hospital daquele tamanho já não era mais necessário, e os pacientes foram enviados para o sanatório Hazelwood. Em 1961, o sanatório Waverly Hills foi fechado.

O prédio foi aberto no ano seguinte, com o nome de Woodhaven Geriatric Center, uma espécie de asilo, com o intuito de tratar pacientes com demência, dificuldade de mobilidade e até mesmo casos mais graves de deficiência mental. O lugar foi fechado em 1982, sendo acusado de tratar seus pacientes com negligência, algo comum em lugares assim.




O prédio foi aberto no ano seguinte (parece que alguém não gostava de ver esse prédio fechado). Ele foi comprado por 3 mil dólares. Os compradores tinham a intenção de transformá-la numa prisão, mas a ideia foi por água abaixo, por reclamações dos vizinhos. Também tentaram transformar em apartamentos e, mais uma vez, não funcionou.

Robert Alberhasaky adquiriu o prédio em 1996, com o intuito de reformá-lo e construir a maior estátua de Jesus Cristo do mundo, que teria 46 metros de altura. O projeto não deu certo, pois o dinheiro adquirido dos fieis não foi o bastante.

Tina e Charlie Mattingly compraram o prédio em 2001. Sabendo tudo o que houve ali, eles transformaram o lugar em atração turística, alegando que ele era assombrado. Ganharam dinheiro com ingressos e visitas de caça-fantasmas.



Vários fantasmas foram vistos durante os anos, sendo que alguns se tornaram bem famosos.

O Pequeno Timmy

As crianças vítimas de tuberculose ficavam no quinto andar, que continha um terraço. Lá, as crianças podiam brincar, sem precisa ir para outros andares. Entre essas crianças, havia um menino chamado Tommy, que acabou falecendo aos dez anos. Timmy adorava jogar bola no Solarium, como era chamado o terraço. Mesmo após a morte de Timmy, as bolinhas continuavam se mexendo, mas sem ninguém tocá-las, como se alguém que estivesse invisível fosse o responsável. Numa visita ao local, deixaram uma bola num canto qualquer, e ela foi chutada por CINCO METROS.

Joseph Cottons


Considerado o fantasma mais perigoso do prédio. Joseph era responsável pela área cirúrgica do local. Ele delirou. Após ver tanta gente morrendo, pensou ter criado a cura para a doença. Por conta do inchaço nos pulmões, as costelas eram pressionadas. Joseph pensou que, serrando as costelas, a dor cessaria. Porém, naquela época, anestesia não era algo muito eficaz, e muitos pacientes acabaram morrendo durante a cirurgia. Após sua morte, funcionários disseram ter visto um homem de jaleco branco no quarto andar (a ala cirúrgica). O fantasma de Joseph é considerado o mais violento por se manifestar jogando objetos e batendo nas paredes.



Mary Hillenburg


Essa enfermeira engravidou de um médico casado. Ela foi encontrada morta no quarto 502. Acredita-se que ela tenha cometido suicídio, mas há aqueles que botam fé que, na verdade, ela foi morta pelo pai da criança que gerava em seu ventre, já que pegaria mal para sua carreira ter um filho fora do matrimônio. Então o médico montou a cena do crime, para que parecesse um suicídio.







Vários documentários foram feitos, sendo um dos mais famosos o The Ghosts of Waverly Hills Sanatorium, produzido pela produtora Spooked. Confira um pedaço dele:


O lugar também já foi explorado na segunda temporada de Supernatural e em American Horror Story: Asylum. Além disso, há um filme sobre o local: O Túnel da Morte.



E aí? Passaria uma noite nesse local?




Nenhum comentário:

Postar um comentário