08/08/2018

[Resenha] Heróis de Novigrath




Ficha Técnica:


Heróis de Novigrath

Autora: Roberta Spindler
Ano de publicação: 2018
Nº de páginas: 292


Ah, fazia muito tempo que eu não lia algo tão divertido! Amo literatura infanto-juvenil, tanto para ler como para escrever. Sinto falta dos personagens de Percy Jackson, e Jason e seus amigos me mostraram como é bom escrever esse tipo de história.


E Heróis de Novigrath me trouxe um pouquinho dessa nostalgia.


Heróis de Novigrath é sobre um MOBA de mesmo nome. Aqui, o mundo do eSports deu cada vez mais certo. O jogo é jogado mundialmente, com vários campeonatos que atraem multidões. Pedro (username: EpicShot), um dos protagonistas, já foi um dos melhores jogadores do mundo, mas viu sua carreira desabar em questão de dias. Agora, não passa de um jogador muito bom, mas que não consegue mais participar de nenhum campeonato.

Pedro ama o jogo, e faria qualquer coisa para dar a volta por cima. Ele percebe que esse dia chega quando Yeng Xiao, seu herói favorito no jogo, se materializa na sua frente.

O PERSONAGEM DE UM JOGO SE MATERIALIZA NA FRENTE DO PERSONAGEM. Sigamos com a programação normal.

O jogo é dividido em duas facções: os Defensores de Lumnia e os Filhos de Asgorth. Xiao é um dos Defensores de Lumnia. Ele vem para o mundo real dar um recado à Pedro: ao redor do mundo, os jogadores alimentam o game com sua paixão e, sem saber, com sua energia vital. O amor dos fãs foi tanto que o jogo se tornou "real", possibilitando que os personagens pudessem adentrar nosso mundo.

E é aí que a coisa fica feia. Os Filhos de Asgorth estão dispostos a invadir nosso mundo, e os Defensores precisam fazer alguma coisa. Xiao entrega uma missão para Pedro: o ex-jogador precisa reunir um time e classificar-se para o Campeonato Mundial, pois é onde o evento principal (aka A Guerra Chegando Na Terra) acontecerá.




Pedro vai atrás dos melhores jogadores do país, e acaba montando o Vira-Latas. O time é composto por:

Samara (Titânia); 
Cristiano (Fúria);
Aline (NomNom);
Adriano (LordMetal666);
Pietro (irmão gêmeo de Adriano) (Roxy);

Eles são um time e, no começo, é óbvio que vai dar tudo errado. Adriano e Pietro jogam juntos desde sempre, Aline é mais fechada que a entrada da Câmara Secreta e Cristiano é o rapaz mais nariz empinado que tu vai conhecer. Porém, aos poucos, conforme a história avança, os personagens aprendem a conviver entre si.

A escrita de Roberta é simples e divertida, ainda mais se tratando de jogos online. Por se tratar de um tema tão atual, é normal que jovens se identifiquem mais ao ler essa história, mas o livro é recomendado para todas as idades. Vemos aqui, numa leitura rápida e fluída, onde um grupo totalmente desconhecido aprendeu a aceitar as diferenças de cada um e unir-se como uma família, lutando por si mesmos e em prol de algo maior.

O mundo de Novigrath é criado sabiamente. Cada herói descrito e cada batalha me deixaram com vontade de jogar qualquer jogo do tipo, e olha que nunca nem joguei MOBA. Ou seja, pra me deixar minimamente interessado, o jogo precisaria ser muito bom, e Heróis de Novigrath conseguiu isso.

Adquira o livro aqui.

Livro cedido pela editora

Nota: 




Nenhum comentário:

Postar um comentário