29/06/2018

[Resenha] De Volta Para Casa


Ficha Técnica:

De Volta Para Casa
Autora: Seanan McGuire
Ano de publicação: 2018
Nº de páginas: 184

Logo que esse livro foi anunciado, não consegui esconder que precisava lê-lo. Demorou um pouquinho, mas o De Volta Para Casa realmente encontrou um lugarzinho na minha estante. E agora, no meu coração. Só pra fazer uma breve apresentação: o livro é vencedor do Hugo Awards, Locus Awards e Nebula Awards. Sigamos com a programação normal.




Não que seja "normal", mas crianças sempre desaparecem, desde que em condições corretas. Em algum lugar inesperado, há um portal, que pode ser um guarda-roupa, o cantinho do sofá, a sauna ou até mesmo o box de um banheiro público. Crianças atravessam esses portais, e vão parar num lugar completamente diferente. Cada lugar é completamente diferente do outro, e isso vai depender de como cada criança é.

Nancy, nossa protagonista, viajou para um desses lugares, e agora está de volta. Claro, ninguém acreditaria numa criança que diz ter viajado para um mundo de fadas e goblins, então os pequeninos são enviados para um instituto, para ficar sob os cuidados da bondosa Eleanor West, para que possam compreender o que aconteceu, e como aproveitar cada segundo que essa boa lembrança lhes proporciona. Eles não estão ali para esquecer o que houve, mas para ter certeza de que aquilo aconteceu, e aprender a seguir em frente.



Algo brutal acontece no instituto e, só pra não perder o costume, todos culpam Nancy, só por ser novata. A todo custo, com seus novos amigos, Nancy precisa provar que é inocente, ao mesmo tempo em que tenta descobrir quem está por trás de tudo isso.

Mesmo curto, o livro mexe com você. De alguma forma, a autora conseguiu mesclar algo tão simples e inocente com algo cruel. E deu muito certo! Ao mesmo tempo em que nos encantamos com os personagens e com os mundos que cada um visitou, presenciamos um mistério macabro, que ameaça a vida de cada um ali. As páginas parecem virar sozinhas. Você tenta parar, mas não consegue. Precisa saber o que está acontecendo, e quem está por trás de tudo.

O livro nos passa uma mensagem importante: não importa o que aconteceu no passado, você não precisa necessariamente esquecê-lo para seguir em frente. Você pode aceitá-lo, sabendo que é seu passado que fez de você quem você é hoje. Afinal, a única pessoa que pode lhe dizer como sua história termina é você.

Destaque para a belíssima edição da Morro Branco, essa editora maravilhosa que tá ganhando um espaço cada vez maior no meu coração. Capa (DURA) lindona, ótima revisão e diagramação excelente.

Nota:




2 comentários:

  1. Ual, eu amo suas resenhas. Gostei dos pontos que abordou,me interessou muito o livro. Essa mescla da inocência das crianças com a maldade humana acaba por render um choque sentimental muito grande.

    O livro parece ser ótimo, a editora Morro Branco está criando edições incríveis mesmo pelo o que pude ver.

    Beijos,
    amavelgirassol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigado!

      O livro é ótimo mesmo, e a edição da Morro Branco tá impecável. Quando puder, leia. Você vai amar!

      Excluir