21/01/2018

[Listas] 5 livros que todo escritor iniciante deveria ler



Hey, gente. Tudo bem com vocês?

Hoje em dia, muitos leitores têm a vontade de se tornar um escritor de sucesso. A escrita, assim como qualquer outra profissão, requer prática. Claro, alguns nascem com o dom natural para escrever, enquanto outros precisam se esforçar um pouquinho mais. Entretanto, acima de qualquer coisa, um autor precisa fazer uma coisinha em especial: ler. Sim, isso mesmo. Se um autor quer escrever bem, ele precisa ler muito, e ler de tudo.

Pensando nisso, alguns autores escreveram livros com dicas para autores iniciantes. Eles têm muito tempo no mercado literário, e experiência de sobra. Eles sabem o que pode dar certo e o que pode dar errado na hora de escrever uma boa história.

Confira abaixo a lista com alguns desses livros:



Sobre a Escrita - A Arte em Memórias (Stephen King)

Stephen King dispensa apresentações. Um dos maiores autores da atualidade e o autor que mais foi adaptado para outras mídias.  Eleito pela Time Magazine um dos 100 melhores livros de não ficção de todos os tempos e vencedor dos prêmios BRAM STOKER e LOCUS na categoria Melhor Não Ficção, Sobre a escrita — A arte em memórias é uma obra extraordinária de um dos autores mais bem-sucedidos de todos os tempos, uma verdadeira aula sobre a arte das letras. O livro também não deixa de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação.

Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King. Ao mesmo tempo um álbum de memórias e uma aula apaixonante, Sobre a escrita irradia energia e emoção no assunto predileto de King: literatura. A leitura perfeita para fãs, escritores e qualquer um que goste de uma história bem-contada.

Confira a resenha aqui.
Adquira seu exemplar aqui.







Arte de Escrever (Arthur Schopenhauer)

Arthur foi um importante filósofo alemão do século XIX. Nesta antologia de ensaios recolhidos de Parerga e Paralipomena, o leitor vai encontrar textos que trazem as mais ferinas, entusiasmadas e cômicas reflexões acerca do ofício do próprio Schopenhauer, isto é, o ato de pensar, a escrita, a leitura, a avaliação de obras de outras pessoas, o mundo erudito como um todo. São eles: “Sobre a erudição e os eruditos”, “Pensar por si mesmo”, “Sobre a escrita e o estilo”, “Sobre a leitura e os livros” e “Sobre a linguagem e as palavras”. Embora redigidos na primeira metade do século 19, estes ensaios, ao tratar sobre o mundo das letras, os vícios do pensamento humano, as armadilhas da escrita e da crítica, continuam válidos – hoje talvez mais do que nunca. E, marca personalíssima do autor, são modernos, pulsantes de vida, de inteligência e humor.

Adquira seu exemplar aqui.




A Jornada do Escritor (Christopher Vogler)

Em 1949, no clássico O herói de mil faces, o estudioso Joseph Campbell conceituou a chamada Jornada do Herói: uma estrutura presente nos mitos e replicada em todas as boas histórias já contadas e recontadas pela humanidade. Em A Jornada do Escritor, Christopher Vogler faz uma detalhada e esclarecedora análise desse conceito, tomando como base diversos filmes importantes. Resultado de anos de estudo sobre mitos e arquétipos, somados à experiência de Vogler na indústria cinematográfica norte-americana, esta edição, revisada pelo autor, é uma obra de referência fundamental não apenas para quem deseja escrever boas histórias – bebendo da fonte dos mais belos e fascinantes mitos já criados pela mente humana –, como para quem quer entendê-las melhor, relacionando-as à própria vida.

Adquira seu exemplar aqui.








Para Ler Como Um Escritor (Francine Prose)

É possível ensinar a um escritor o seu ofício? A questão é polêmica, especialmente quando proliferam cursos de graduação e de extensão com essa proposta. Escritora e crítica literária, Francine Prose defende que sim, há muito o que aprender com os mestres. Virginia Woolf, Jane Austen, Nabokov, Philip Roth e Flaubert são alguns dos autores a quem dedica uma leitura atenta e cuidadosa em busca do segredo do “escrever bem”. De cada um extrai valiosas lições. Uma obra indispensável para escritores iniciantes e leitores inveterados!

E mais:
A edição brasileira conta com acréscimos de Italo Moriconi, que analisa a obra de mestres como Drummond, Machado e Graciliano;
duas listas de livros para você ler imediatamente, preparadas por Francine Prose, com escritores estrangeiros, e Italo Moriconi, com autores nacionais;
best-seller e Livro Notável de 2007 do New York Times.

“Esse guia para a leitura e a escrita deve ter um lugar na estante de todo escritor...” Publishers Weekly “Para ler como um escritor proporciona uma espécie de viagem visceral por obras-primas da literatura. Tem tudo de manual, de guia, de livro-texto orientado para quem está na posição de escritor aprendiz ou iniciante, assim como para quem deseja perceber a literatura com os olhos livres do escritor e não com as lentes grossas do intelectual ou do ideólogo acadêmico.” Da apresentação de Italo Moriconi.

Adquira seu exemplar aqui.


Como Escrever Diálogos (Silvia Adela Kohan)

O diálogo é uma das estratégias literárias mais úteis e, por sua vez, uma das mais difíceis de produzir. Ele reforça a presença dos personagens e contribui para o dinamismo da narrativa. Este guia apresenta as funções principais do diálogo no romance e no conto, ensinando ao leitor a arte de utilizá-lo na hora certa, além de revelar as chaves para:
Conseguir perfeita sintonia entre os personagens e seus diálogos;
diferenciar as falas dos personagens para definir as características de cada um;
brincar com as nuances de expressão;
saber alternar, no texto, os diálogos e a narração.

Adquira seu exemplar aqui.


Claro, existem vários outros livros sobre o assunto, e colocar todos eles renderiam vários posts. Você já conhecia alguma dessas obras? Se conhecer alguma outra, sinta-se à vontade para indicá-la nos comentários!


6 comentários:

  1. Adorei as dicas, salvei o link pra levar comigo quando eu for na saraiva <3
    Carol Justo | pink is not rose

    ResponderExcluir
  2. Amor ler, mas amo mais escrever, tanto que uma das metas desse ano é finalmente escrever meu livro. Já salvei o post e em breve irei ler esses livros, temos que aperfeiçoar sempre o nosso ser.

    VIENA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão. Conhecimento nunca é demais.
      Toda sorte do mundo pra tu, guria! Ainda vai ter resenha do seu livro aqui no blog <3

      Excluir
  3. Eu estou lendo bastante depois que dei início a escritura de 'Garoto Mágico', o meu primeiro livro. Algumas das obras me chamaram a atenção, mas agora tenho 10 livros pendentes para terminar de ler e com certeza não irei adquirir mais um hahahaha!

    Adorei as indicações,
    Beijos do Deivy!

    www.blogdodeivy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, cara. A maior base que um escritor pode ter é a leitura.

      Eu tô com uma pilha de uns 40 livros não lidos KKKKKKKKKKK

      Excluir