14/12/2017

[Resenha] A Princesa Salva a si Mesma Neste Livro

Ficha Técnica


A Princesa Salva a si Mesma Neste Livro
Autora: Amanda Lovelace
Ano de Lançamento: 2017
Nº de Páginas: 208

Primeiro livro de uma série, A Princesa Salva a Si Mesma Neste Livro, de Amanda Lovelace, se tornou um dos meus queridinhos logo de cara (tudo bem que ultimamente quase todos os livros que eu leio viram meus favoritos, mas não tenho culpa se eles são incríveis). O livro é dividido em quatro partes:

A PRINCESA.
É aqui que conhecemos nossa Princesa, uma garota comum, com uma vida trágica. Apaixonada por livros, ela encontrou na poesia uma forma de derramar suas dores, suas frustrações com sua mãe, com seu corpo, com seu distúrbio alimentar e as auto-mutilações.

havia 
alguns segredos

que ameaçavam 
despertar

minhas
peças de porcelana

mas era preciso
me manter 

inteira.

- eu não sabia nada.

A DONZELA.
A Princesa se tornou uma donzela, entregou-se aos dragões, e deixou que eles a queimassem, ferindo seu coração e arrancando-lhe a poesia de dentro de si.

ele
prometeu
me consertar
&
               me deixou
mais
               d e s t r o ç a d a
do que eu era
antes

- mas agora tenho ouro nas rachaduras.

A RAINHA.
A Princesa, que agora é uma Rainha, aprendeu a se defender e bater de frente com seus dragões, queimando-os com seu próprio fogo.

ele
não me ensinou
como
amar
a mim mesma,
mas ele
foi
a ponte
que
me ajudou
a chegar
                    lá.

- agradeço ao universo todos os dias por você.

VOCÊ
Os poemas são dirigidos a nós leitores, nos fazendo pensar e repensar atitudes e situações de nossos dias, e de nosso mundo.

um
mundo
onde todos

os seres humanos
sejam cuidados

não deve ser chamado

de um mundo
"revolucionário"

& no entanto
é.

- queima.

Com poemas fáceis de ler, entender, e principalmente, sentir, os temas decorridos são importantes e precisam ser abordados, o que Amanda Lovelace fez muito bem, apesar da narrativa ser "leve", o conteúdo não é.
Logo nas primeiras páginas vemos que a personagem vai enfrentar problemas sérios, tais como: estupro, um relacionamento ruim com sua mãe, frustrações com seu corpo, baixa auto-estima, insegurança, solidão, distúrbios alimentares, auto-mutilação, coração partido, perda de pessoas que ela ama, sentir-se confusa, entre outras coisas.

A narrativa do livro é uma das mais interessantes que li, apesar de simples, adorei ler um livro onde os poemas se complementam e juntos são uma história só.
Há poemas de todos os tipos, os mais românticos, sarcásticos, miseráveis, sonhadores, confiantes, confusos... uma infinidade de sentimentos, que apertam o coração da gente, e nos faz desejar com força para as estrelas que tudo fique bem com nossa Princesa, que virou Donzela, que virou Rainha.
Ficou curioso para ler o livro? Corre, que acabou de sair do forno e tá quentinho. Fiz questão de garantir o meu quando ainda estava em pré-venda, e assim que chegou em casa, devorei-o.

Já estou super ansiosa para o próximo livro (The Wich Doesn't Burn In This One), que será lançado nos Estados Unidos no dia 6 de Março de 2018. A narrativa segue no mesmo estilo, história de mulheres fortes contada através de poemas.

Se tiverem mais dicas de livros que se pareçam com esse, não deixe de os mencionar, vou adorar aumentar minha wishlist haha

Nota: 




Um comentário:

  1. SOCORRO! Estou encantada com a obra e indignada por não ter ouvido falar antes. Que delícia ter caído aqui e ter encontrado essa belezura de resenha, de entrega, de detalhamento e de indicação.

    semquases.com

    ResponderExcluir