06/10/2017

[Curiosidades] Aokigahara, a Floresta do Suicídio



Hey, gente. Tudo bem com vocês?

Como eu disse no post sobre a Ilha das Bonecas, há um monte de lugares estranhos no mundo, mas um monte mesmo. Acha que uma ilha cheia de bonecas soa diferente? E uma floresta onde as pessoas vão para se suicidar?

Aokigaraha, também conhecida como Mar de Árvores, é uma floresta de 35km² na base noroeste do Monte Fuji, no Japão. Além dos dois nomes citados, a floresta também recebe o singelo apelido de Floresta dos Suicídos. Mas por quê isso? Bom, o número de corpos encontrados lá aumenta anualmente, além de cartas, vestígios de rituais e até mesmo manuais sobre como realizar tal procedimento. Só em 2004, foram 108 suicídios registrados.

Pode parecer brincadeira, mas a história é tão séria que, logo na entrada da floresta, há uma placa com os dizeres: Sua vida é um presente precioso de seus pais. Pense neles e no resto de sua família. Você não precisa sofrer sozinho. Abaixo da frase, está o número de uma linha direta para suicidas. Na área, há vários telefones espalhados, conectados diretamente às linhas de ajuda. Ao redor da floresta, há várias placas com frases de encorajamento, no intuito de convencer as pessoas de que elas não devem fazer aquilo. Porém, nem sempre dá certo. Os métodos mais encontrados são enforcamento, envenenamento e armas.

O lugar é aberto ao público, até certo ponto. A partir daquele ponto, o acesso é restrito. Devido ao depósito de ferro no solo vulcânico da região, bússolas acabam não funcionando e GPS's tornam-se imprecisos, fazendo com que até mesmo os melhores guias se percam. A floresta é conhecida por Mar de Árvores por causa da densidade de árvores e, por esse motivo, o vento nunca a penetra. Como quase não há animais lá, o silêncio é cada vez mais amedrontador e sinistro. Há também algumas cavernas de gelo, as quais são bastante visitadas pelos turistas.


Mas como tudo isso começou? Bom, em 1960, o autor Seicho Matsumoto publicou o livro Kuroi Jukai, o qual narrava um suicídio em Aokigahara. Pronto, foi só isso. Bastou um único livro para desencadear um monte de suicídios, ano após ano. Porém, há algumas lendas, dizendo que demônios dos antigos mitos japoneses habitam o local provocam as mortes. Historicamente, o suicídio no Japão é algo muito comum, datado desde a época dos samurais. Algumas famílias deixavam os idosos na floresta, para que morressem. É, bem cruel.

Confira algumas imagens da floresta abaixo, por sua conta e risco:







Há vários documentários na internet, e até mesmo um filme foi produzido, intitulado Floresta Maldita. Bom, eu não teria coragem de visitar um lugar desses. Você teria?


Nenhum comentário:

Postar um comentário