12/04/2017

[Listas] A Torre Negra



Hey, gente. Tudo bem com vocês? Eu não tô muito bem não.

Como vocês sabem, eu sou extremamente fã do trabalho de Stephen King. Todo autor tem uma musa inspiradora. Infelizmente (ou felizmente), ele é o meu. O cara já escreveu dezenas de livros, e todos se tornaram best-sellers. Entretanto, a maioria dos fãs considera a série A Torre Negra como a cereja do bolo.
King demorou um pouco (leia-se muito, mas muito mesmo. 33 anos, pra ser exato) para concluir a saga, mas valeu a pena. Não, ainda não li os livros (#chateado), mas já pesquisei bastante sobre a saga e caraca, que história do cacete! O livro mistura fantasia, ficção científica e terror. É, é isso mesmo.
Por muitos anos, foi especulado que deveria ser feito um filme da saga, mas teria de ser feito com cuidado, para não cagarem em tudo. Bom, o tal filme sai esse ano. O que mais precisávamos?
Dos livros.
Em 2013, a Suma de Letras, responsável por publicar os livros do King aqui no Brasil, lançou um box lindão com os sete livros da saga. Claro, esgotaram rapidamente, e, até ontem, os livros só eram vendidos separadamente, e só era possível encontrar o box em sebos ou comprados de outro leitor.
MAS ISSO MUDOU!
Os fãs perturbaram, e muito, a Suma de Letras, e eles nos ouviram. Sabem o que isso significa? Significa que a Suma vai reimprimir o box de A Torre Negra!
É, é isso mesmo que vocês leram. A Torre Negra está de volta!
Mesmo nunca tendo lido os livros (prometo que lerei, ainda mais com esse box ganhando vida), decidi que seria bacana ao menos contar um pouco mais sobre eles (só a sinopse, na verdade), para que mais leitores conheçam essa história grandiosa.

1 - O Pistoleiro (The Gunslinger, 1982)

Este livro é o primeiro dos sete volumes da Série A Torre Negra, obra mais ambiciosa do escritor Stephen King. O Pistoleiro apresenta ao leitor o fascinante personagem de Roland Deschain, último descendente do clã de Gilead, e derradeiro representante de uma linhagem de implacáveis pistoleiros desaparecida desde que o Mundo Médio onde viviam "seguiu adiante".
Para evitar a completa destruição desse mundo já vazio e moribundo, Roland precisa alcançar a Torre Negra, eixo do qual depende todo o tempo e todo o espaço, e verdadeira obsessão para Roland, seu Cálice Sagrado, sua única razão de viver. O Pistoleiro acredita que um misterioso personagem, a quem se refere como o homem de preto, conhece e pode revelar segredos capazes de ajudá-lo em sua busca pela Torre Negra, e por isso o persegue sem descanso. Pelo caminho, encontra pessoas que pertencem a seu ka-tet - ou seja, cujo destino está irremediavelmente ligado ao seu.
Entre eles estão Alice, uma mulher que Roland encontra na desolada cidade de Tull, e Jake Chambers, um menino que foi transportado para o mundo de Roland depois de morrer em circunstâncias trágicas na Nova York de 1977. Mas O Pistoleiro não conseguirá chegar sozinho ao fim da jornada que lhe foi predestinada.
Na verdade, sua aventura se estenderá para outros mundos muito além do Mundo Médio, levando-o a realidades que ele jamais sonhara existir. 

2 - A Escolha dos Três (The Drawing of the Three, 1987)


Com incansável imaginação, Stephen King dá continuidade à magistral saga épica A Torre Negra. 'A

Escolha dos Três', segundo volume da série, lança o protagonista Roland de Gilead em pleno século XX, à medida que ele se aproxima cada vez mais de sua preciosa Torre Negra, sede de todo o tempo e de todo o espaço. Um derradeiro confronto com o homem de preto revela a Roland, nas cartas de um baralho de tarô, aqueles que deverão ajudá-lo em sua busca pela Torre Negra: o Prisioneiro, a Dama das Sombras e a Morte. Para encontrá-los, o último pistoleiro precisará atravessar três intrigantes portas que se erguem na deserta e interminável praia do mar Ocidental. São portas que o levam a um mundo diferente do seu, em outro tempo, de onde ele deverá trazer seus escolhidos: Eddie Dean, um viciado em heroína; Odetta Holmes, uma bela jovem negra que perdeu as pernas em um medonho acidente e sofre de misteriosos lapsos de memória; e o terceiro escolhido, a Morte, que vai embaralhar mais uma vez o destino de todos. A primeira porta o leva à Nova York dos anos 1980 e a Eddie Dean. A segunda transporta o pistoleiro à mesma cidade, mas dessa vez na década de 1960. A Dama das Sombras que Roland encontra atrás dessa segunda porta é Odetta Holmes. Roland e Eddie não demoram a descobrir que a mente de Odetta abriga também a malévola Detta Walker, num evidente distúrbio de dupla personalidade. Com o terceiro escolhido, A Morte, as cartas tornam a se embaralhar e a busca de Roland pela Torre Negra sofre uma nova e imprevisível reviravolta.

3 - As Terras Devastadas (The Waste Lands, 1991)


Com este novo título da saga épica 'A Torre Negra', entramos mais uma vez no reino de uma das imaginações mais poderosas de nossa época: a do escritor norte-americano Stephen King. Neste romance emocionante, Roland, o último Pistoleiro, se aproxima ainda mais da Torre Negra de seus sonhos e pesadelos - atravessando um deserto amaldiçoado em um mundo macabro que é uma imagem distorcida do nosso próprio mundo. Junto com Roland estão dois daqueles que ele levou consigo para esse universo: o ex-viciado nova-iorquino Eddie Dean e Susannah, nova identidade da mulher que combina em um mesmo corpo duas personalidades distintas. À sua frente estão as extraordinárias revelações sobre quem ele é e o que o motiva em sua busca. E contra ele se perfila uma legião cada vez mais numerosa de inimigos, humanos ou não.
À medida que o ritmo da ação e aventura, da descoberta e do perigo se acelera cada vez mais, o leitor é irremediavelmente absorvido por um drama espetacular ao mesmo tempo assustador como um pesadelo... e estranhamente familiar. Inspirada no universo imaginário de J.R.R. Tolkien, no poema épico do século XIX 'Childe Roland à Torre Negra Chegou', e repleta de referências à cultura pop, às lendas arturianas e ao faroeste, a Coleção A Torre Negra mistura ficção científica, fantasia e terror numa narrativa que forma um verdadeiro mosaico da cultura popular contemporânea.

4 - Mago e Vidro (Wizard and Glass, 1997)

A estranha e inesquecível odisseia de Roland de Gilead em busca da Torre Negra continua. No quarto
volume da série imaginada por Stephen King, novos perigos ameaçam o destino de Roland. 'Mago e Vidro' retoma a eletrizante narrativa interrompida em As Terras Devastadas. Depois de enfrentar a terrível ameaça do monotrilho Blaine, o último pistoleiro e seus seguidores desembarcam na cidade de Topeka, no Kansas, e retomam o caminho do Feixe de Luz que conduz à Torre Negra. Roland revela então aos companheiros a história de seu passado, e a trágica perda de seu grande amor de juventude, a bela Susan Delgado.









5 - Lobos de Calla (Wolves of the Calla, 2003)


De volta ao Caminho dos Feixes de Luz, Roland e seu ka-tet chegam à remota cidade de Calla Bryn Sturgis - onde quase todas as crianças são gêmeas. Lá conhecem Pere Callahan, um padre vindo de Jerusalem's Lot, no Maine, que convence o grupo a salvar a cidade de um antigo mal: a cada geração, estranhos soldados vestidos de lobos vêm de Thunderclap, no leste, e raptam um gêmeo de cada um dos casais de irmãos. Quando os soldados as devolvem semanas mais tarde, as crianças não passam de débeis mentais fadados a morrer ainda jovens. Enquanto isso, na Nova York do nosso mundo, um grupo de bandidos, a Corporação Sombra, planeja se apossar de um terreno baldio na Segunda Avenida onde está plantada uma solitária rosa, a manifestação da Torre Negra em nossa realidade. Com a ajuda de Callahan, Roland e seus companheiros precisam bolar um plano para evitar que o mal vença em ambos os mundos. Tudo fica ainda mais complicado quando o grupo começa a perceber mudanças no comportamento de Susannah que, até então, parecia curada de seus transtornos de personalidade.





6 - Canção de Susannah (Song of Susanna, 2004)

O penúltimo de sete volumes dessa obra imensa de Stephen King, a Canção de Susannah, é muito
mais do que uma eletrizante história de vigoroso suspense. Também é uma revelação - e uma chave fascinante para o desenrolar do mistério da Torre Negra.
















7 - A Torre Negra (The Dark Tower, 2004)


Neste volume a obra apresenta o desfecho da missão implacável de Roland Deschain para chegar à Torre Negra. O pistoleiro Roland é obcecado por uma enorme corrente de energia que emana da torre que ele busca - e que precisa ser resgatada, pois está enfraquecendo. No decorrer da saga, Roland recruta um viciado em drogas, uma mulher sem pernas, um padre amaldiçoado e um 'filho', além de um animal inventado, o trapalhão Oi, para ser seu ka-tet, ou bando. Este o acompanhará na missão para achar a torre das mãos do Rei Rubro e seus aliados, cuja missão é a destruição da torre e do mundo.












Como eu havia dito, a jornada é longa. Isso sem contar O Vento Pela Fechadura, uma espécia de spin-off que se encaixaria entre Mago e Vidro e Lobos de Calla. Confiram:

Em “O vento pela fechadura”, Stephen King retorna ao Mundo Médio, cenário da “A Torre Negra”.
O novo livro encaixa mais uma peça no vasto quebra- cabeças que cerca a saga, oferecendo lendas e histórias fantásticas de Gilead, ao mesmo tempo em que investiga o passado doloroso do pistoleiro Roland Deschain. No meio do caminho entre o Palácio Verde e Calla, o pistoleiro Roland Deschain e seu ka-tet — Jake, Susannah, Eddie e Oi, o trapalhão — são obrigados a acampar numa cidade fantasma. Caso contrário, seriam congelados com a chegada súbita e mortal de uma borrasca, tempestade única ao Mundo Médio. Para afastar o tédio da espera, Roland distrai o grupo com uma história de seu passado. Porém, no centro dessa lembrança, o jovem Roland, do passado, também narra uma fábula de sua infância, registrada em seu livro favorito: “O vento pela fechadura”. A lenda do menino Tim e suas aventuras em busca do mago Merlyn acabam revelando muitas verdades sobre Gilead, o Mundo Médio e o Pistoleiro.




A mitologia de A Torre Negra é tão grande que até mesmo HQ's foram publicadas. Se isso não é motivo o suficiente pra ler, eu não sei mais o que pode ser.
Se você gostou das sinopses, lembre-se que a Suma de Letras irá reimprimir o box, e não se esqueça que a adaptação cinematográfica sai esse ano, com Idris Elba e Matthew McConaughey no elenco!








2 comentários:

  1. CARAMBA! Parece ser A históia. Nunca li nenhum livro do King, mas acho que esses vão ser meu incentivo.

    detudoentrelinhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que seja A História mesmo. Tudo bem que é King, mas não quero gastar dinheiro nesse box e me arrepender haha

      Excluir