05/02/2017

[Resenha] O Substituto

Pode um livro com uma capa um tanto quanto macabra ser tão adorável? Pode.

Nunca li nada do tipo, confesso, mas O Substituto é aquele livro amorzinho que você respeita. Tudo bem, a capa sugere que a história envolva terror ou algo do tipo, mas o foco é totalmente diferente.Acompanhamos a vida de Mackie Doyle, um garoto de dezesseis anos que vive na pacata cidade de Gentry, nos Estados Unidos. Logo no começo, percebemos que há algo de errado por ali, pois o garoto simplesmente não pode chegar perto de ferro. É a kriptonita dele. Mackie é um garoto bem "na dele". Faz o que for necessário para não chamar a atenção. A princípio, pensamos que esse é o único motivo, mas acabamos descobrindo que ele é um substituto. Foi deixado no berço de um bebê há dezesseis anos, trocado pelo verdadeiro filho da família.

Ah, a família Doyle. Eles são um ponto extremamente importante para a história. Mesmo que Mackie não seja, de fato, um membro da família, sempre foi tratado como tal, ainda mais devido à sua condição especial. Todos lhe tratam como igual, principalmente sua irmã, Emma.
Conforme a história avança, descobrimos que Mackie não foi o primeiro, e nem de longe será o último. O buraco é muito mais embaixo (literalmente).
Ao longo dos anos, essas criaturas receberam vários nomes, mas hoje em dia preferem não ser chamadas de nada. De acordo com elas, o que é nomeado acaba perdendo a força. Bom, eu prefiro chamar apenas de criaturas mesmo. Essas tais criaturas vivem no subterrâneo de Gentry, num local conhecido como Casa do Caos. A Casa do Caos é governada por Morrigan, uma princesa nada comum. Mas isso não é o pior que acontece por ali, confie em mim. Mackie não gosta muito de estar ali, mas acaba não tendo escolha. Ele está morrendo, e acaba descobrindo que a Morrigan pode ajudá-lo, desde que ele a ajude também, seja com aquilo que ele precisa, seja contando a história dos substitutos.
A irmã caçula de uma garota, Tate, acaba falecendo, e ela jura de pé junto que aquela coisa que foi enterrada não era a irmã dela. A garota passa a perseguir Mackie, na esperança de que ele confesse ter algum envolvimento no caso. Ele foge, o máximo que pode, mas acaba cedendo, e descobre que Tate é muito mais do que apenas uma garota durona.
O livro é muito bem escrito. No começo, acabei estranhando um pouco a história, mas acabei pegando o embalo e devorando-o na noite seguinte. A história tem um tom cinzento e melancólico mas, no fim das contas, você torce para que tudo dê certo. Não se trata apenas de Mackie fazer o que ele decide fazer (sem spoilers). Tudo isso é muito maior do que ele, talvez maior até mesmo do que Gentry. Mas nosso pequeno e improvável herói não está sozinho nessa. A autora não economizou os relacionamentos entre os personagens, e cada amigo de Mackie tem sua importância para a história. Cada detalhe citado pela autora colabora para o desfecho de tudo. Se você acha que aquele balão no começo do livro (é só um exemplo) não tem importância, você está errado. Tem importância.
A amizade entre Mackie e Roswell é um dos pontos altos. Roswell sabe que seu amigo não tem a melhor saúde do mundo e, mesmo assim, ele sempre está lá, para ser aquilo que Mackie precisar. Faltam amizades assim.
O Substituto é um livro amorzinho, que vale a pena ser lido. Você vai achá-lo um tanto quanto diferente, mas vai amá-lo. Paixão, medo, suspense, compaixão, aventura, coragem e por aí vai. Mackie Doyle não é o herói que nós queremos, mas o herói que precisamos. O livro é o primeiro da autora Brenna Yovanoff e, se ela fez algo tão bom logo no primeiro romance, mal posso esperar para ler os outros.
Ponto positivo para a Bertrand Brasil. A edição do livro é maravilhosa. Sim, eu comprei o livro pela capa, e não me arrependi. A diagramação é ótima, de forma que a leitura não se torne cansativa. Capa e história se completam sutilmente.

Nota:


14 comentários:

  1. Essa capa pôster de AHS Roanoke me chamou a atenção também hahaha
    Adorei a resenha. Pretendo lê-lo um dia.


    bit.ly/BlogMFdR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha namorada viu a capa e gritou no meio da livraria kkkkk
      A história me surpreendeu bastante. Totalmente diferente do que imaginei, mas valeu a pena. Leia assim que possível :3

      Excluir
  2. Olá, confesso que a capa é meio arrepiante, não compraria pela capa, pois não curto nada de terror. Mas amei a resenha, talvez agora compraria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só a capa tem essa carinha de terror. A história tem uma pegada meio gótica, e é até fofa. A capa remete mais ao local onde a história se passa, e à atmosfera fria e cinzenta que a autora criou.

      Excluir
  3. Jessé a capa do livro é bem chamativa, o livro tem uma combinação ótima de suspense, aventura, paixão, medo, pelo que vc falou do livro ele é ótimo, fiquei bastante curiosa pelo livro, achei bastante interessante que vc comprou pela capa e não se arrependeu muito legal isso, Jessé bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se estiver pensando em ler algo diferente, você vai amar O Substituto. Ele é aquele livro amorzinho que você respeita <3

      Excluir
  4. Tô precisando de livros como esse na minha lista, pois só compro romance hahaha julgaria pela capa, mas como você diz que a história é maravilhosa, vamos ler hehehe :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a capa é linda, poxa. Dá até gosto de tê-la na estante kk
      Espero que goste do livro :3

      Excluir
  5. Quando eu vi a capa a primeira coisa que pensei foi "credo não quero ler isso" kkkk mas aí lendo a sinopse e o post inteiro percebi que é um livro que eu quero sim ler rsrs achei bem legal a história rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem mozão mesmo. A capa tem mais a ver com o tom melancólico da história do que com algo que envolva terror haha

      Excluir
  6. Não sei se leria esse tipo de livro, mas gosto de dar oportunidades a outros gêneros literários então tirei foto da capa do livro pra lembrar de procurar depois! Sou nova por aqui e que blog mais aconcheganteeee <3 To seguindo aqui já!

    xox
    Próxima Primavera
    Participe do sorteio de 1 ano do blog (2 livros + brinde)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse é o tipo de livro que todos deveriam dar uma chance, mesmo aqueles que não curtem esse gênero literário.
      Obrigado, sua linda! Espero que goste do meu cantinho <3

      Excluir
  7. A parte da historia do livro é muito linda. Acho a capa desse livro assustadora, para aqueles que gosta de histórias que envolvem mistério, suspense. Ótima opção para uma primeira aproximação com o autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi o meu primeiro livro da autora, e eu fiquei meio "por que não li nada dela antes?" kkkkk

      Excluir