13/02/2017

[Resenha] O Mistério das Feras

Hey, seus lindos. Tudo bem com vocês?

Sabe aquele livro que você dá uma enrolada básica para ler e, quando você lê, se arrepende de não ter lido antes? É exatamente como me senti ao ler O Mistério das Feras. Sabe aquela lista de bons, ótimos e excelentes? O Mistério das Feras é um livro ótimo, e eu vou lhes contar o motivo.
A história se passa em Laurentino - SC. Keira Karter é uma jovem pimpolha de dezesseis anos, no auge de sua adolescência, e algumas coisas estranhas acontecem em sua vida. Deveria ser normal, certo? Todo jovem de dezesseis anos faz uma ou outra besteira, enquanto tenta se descobrir. Porém, Keira não é a favor do que está acontecendo e, por mais legal que pareça, é algo perigoso e assustador.
A garota tem premonições.
Ela está dormindo e, de repente, sonha que alguém, em algum lugar próximo dali, está prestes a morrer. Do nada, DO NADA, ela se teletransporta para a cena do crime. Bizarro, né? Aproveitando-se da situação, Keira passa a fazer ligações anônimas para a polícia, com o intuito de evitar que tragédias continuem acontecendo. Ninguém acredita, claro, mas a polícia percebe que as mortes são reais e passa a dar ouvidos à garota. Publicamente, dizem que foi apenas jogada de sorte. Que policial em sã consciência admitiria que o crime foi impedido porque uma garota sonhou com ele?
Os sonhos continuam a atormentar sua mente, e ela continua sendo teletransportada para a cena do crime. Numa das ocasiões, um tigre, UM TIGRE aparece para salvar o dia. Ok, vamos fazer um apanhado do que aconteceu até agora. A garota tem sonhos premonitórios sobre crimes, é teletransportada para a cena e um tigre aparece para salvar o dia. Como se não bastasse, um garoto esquisito que se matricula e passa a estudar na mesma sala que ela parece estar envolvido nisso tudo.
O mundo de nossa querida Keira vem abaixo. Uma tragédia acontece, e tudo piora cada vez mais. A garota descobre que toda sua vida era uma farsa. Ela não pertence ao nosso mundo. Pertence a um mundo muito mais poderoso. No começo, tudo é um emaranhado de informações loucas, mas começam a fazer sentido. As premonições, os teletransportes e o tigre. Keira pertence ao mundo dos metamorfos. Para quem não sabe, metamorfos são criaturas que podem se transformar em qualquer outra criatura, inclusive um ser humano. Entretanto, nessa mitologia incrível criada pela autora, cada metamorfo é um único animal, que também pode se transformar em um ser humano.
Para surpresa de todos, Keira tem um irmão gêmeo. No universo dos metamorfos, ter um irmão gêmeo pode ser algo sublime, mas também assustador. Quando juntos, gêmeos podem se tornar ainda mais fortes, e isso melhora se sua versão animal for uma criatura poderosa. Claro, com poderes assim, é mais do que provável que haja alguém querendo ferrar com tudo. Esse alguém tem um passado obscuro, um desejo sombrio e, para que seus planos se realizem, Keira precisa estar fora de seu caminho.
Adriele Nardelli fez um ótimo trabalho com essa história. Criou toda uma mitologia, que funcionou muito bem. Sua escrita flui, e os capítulos são curtos, de modo que a leitura não se torna cansativa. Os personagens são cativantes e, a cada página, sentimos raiva, mas de um jeito bom, porque o suspense criado pela autora é cativante. Sério, gente. Até tudo acontecer, tem um enorme suspense, e a autora revela as coisas pouco a pouco. A cada coisa revelada, mais mistérios aparecem. Se nós não sabemos o que fazer, imagine a Keira.
Ah, nossa querida Keira. Não vou falar em qual animal ela se transforma. Você vai ter que ler o livro para saber disso. Mas saiba que as coisas não vão ser fáceis para nossa garotinha. Ela tem um grande poder, mas ainda há muito a descobrir, levando totalmente em conta a confiança que depositam nela. Como gêmea, ela é uma bomba-relógio, e sabe disso. Pode acabar com o mal de uma vez por todas ou ferrar com tudo.
Por sorte, ela tem ajuda. Não é todo mundo que vai com a cara dela mas, felizmente, ela ainda possui a ajuda de seu mentor (o qual não citarei o nome, claro).
As tretas estão só começando, mas tem coisa boa vindo por aí. Agora é esperar por O Terceiro Elemento, segundo volume da trilogia.
Deixo aqui meus sinceros parabéns à autora, por ter criado uma obra tão fascinante. Seja bem-vinda ao mundo dos autores, Adriele!

Adquira seu exemplar de O Mistério das Feras aqui.

Nota:

2 comentários: