02/08/2016

[Resenha] Caçadores de Almas - Segredos e Maldições

Hey, gente bonita. Tudo bem com vocês? Como foram as férias? Podem até achar esquisito, mas nunca estive tão feliz por elas terem acabado. É uma longa história, então vamos ao que interessa.

Lembram que eu havia dito que era parceiro da autora Ana Beatriz Brandão? Pois bem, eu tive o imenso prazer de ler Caçadores de Almas - Segredos e Maldições, e CARACA, que livro é esse?

Caçadores de Almas nos apresenta à Serena Devens Stamel, uma garota inteligente pra caramba que não possui muitos amigos, ou quase nenhum amigo, além de Briana, sua melhor amiga, e Alex, seu namorado. Serena vivia com seus pais, sua irmã mais nova, Cassie, e seu irmão mais velho, Michael. Eles moravam numa cidade pequena, onde todo mundo conhecia todo mundo e, mesmo assim, não foi o bastante para que ela conseguisse se socializar. Serena sentia-se como se vivesse num mundo totalmente diferente do qual deveria viver, e deixa bem claro o quanto quer sair desse mundo. Ela era ruiva, mesmo vindo de uma família onde todos possuíam cabelos claros. Ela era estudiosa, muito estudiosa, e era cética a respeito daquilo que não podia comprovar. Ela não botava fé em filmes de exorcismos, por exemplo.
ENTRETANTO, isso mudou. A garota ruiva passou a receber mensagens, as quais diziam apenas Estamos observando você. Qual é. Isso deixa até os mais céticos com uma pulga atrás da orelha. Como se não bastasse, ela passa a ser perseguida, e um evento um tanto quanto trágico (sem spoilers) foi o bastante para virar seu mundo de cabeça para baixo, mas não do jeito que ela queria. Foi esse o evento que lhe apresentou aos Caçadores de Almas. Eles são responsáveis por, bom, caçar almas. Mas não qualquer tipo de almas, só as almas ruins, que não deveriam ter saído do Inferno. Os Caçadores são unidos por um juramento, eles se tratam como irmãos e protegem uns aos outros, Há um, porém, que se destaca entre eles: Dorian. Dorian é o líder dos Caçadores de Almas e, ao mesmo tempo, não é. Ele está ali há mais tempo que os outros e, por causa de uma suposta maldição, ele não pronuncia uma palavra sequer. De certa forma, cada um pode fazer o que der na telha, desde que Dorian concorde. Por mais que ele não pronuncie uma palavra sequer, Serena sente-se atraída por ele. Ela simplesmente não se controla perto dele, começa a tagarelar sem parar, e a própria personagem acha isso engraçado.
Com o decorrer dos fatos, e vendo que não há como voltar para sua vida antiga, nossa protagonista ruiva toma uma decisão que mudará sua vida para sempre, e essa decisão te faz dizer:


Você não odeia a decisão dela, até porque faz muito sentido. De acordo com o rumo da história, você espera que tal coisa vá realmente acontecer, mas você espera que vá acontecer por decisão mútua, e não por decisão da própria Serena. Mas também leve em consideração o lado da ruiva. Ela mesma se considerava uma covarde, por nunca ter enfrentado seus medos, então vê aí uma tentativa de se tornar mais, digamos, badass.
É isso mesmo. O livro tem romance, sim, mas muitas cabeças vão rolar. Literalmente. Prepare-se para ver sangue, muito sangue. Há várias lutas no livro, e nossa querida Ana descreveu cada uma delas com perfeição. Você sente como se fosse um dos Caçadores de Almas e estivesse realmente participando daquela batalha.
Aliás, parabéns pra você, Ana. Parabéns por ter criado uma mitologia incrível para os Caçadores, e por cada pesquisa feita para o livro. Como eu disse, Serena é uma personagem muito inteligente, e ela sabe coisas que nem eu sabia. Fico me perguntando se é algo pelo qual a autora se interessa ou se ela se dedicou a pesquisar tudo isso apenas para criar uma personagem tão marcante quanto nossa querida ruiva.
Não pense que, por não falar, Dorian é um péssimo líder. Ele destrói todo e qualquer um que se intrometer em seu caminho, e consegue botar medo até mesmo em demônios poderosos, e os Caçadores de Almas irão onde ele for, porque confiam cegamente nele. Quando descobrimos um pouco mais sobre sua maldição, sabemos o que motivou o personagem a se tornar aquilo que ele se tornou.
O livro tem um pouco de tudo. É romântico, engraçado e tem até mesmo doses de terror. A mitologia criada pela autora pode ser muito bem explorada em outros exemplares, ou até mesmo contos curtos, explicando como cada um deles se aliou ao grupo. Ok, parei com as ideias haha. Mas sério, o livro é muito amorzinho, e não tem como não gostar dele. Ele é curto, e a autora escreve de uma forma fácil, fazendo com que nos identifiquemos com ao menos um dos personagens. Ver os Caçadores reunidos, lutando uns pelos outros, nos mostra como é bom saber o significado de amizade verdadeira, saber que temos alguém em quem possamos confiar. Não só um colega, mas um amigo que pode ser chamado de irmão. Alguém que você ame e que ame você. Alguém que sempre estará lá por você, não importa o que aconteça.
Se eu quero mais livros sobre os Caçadores? Claro que quero!

Obs 1: Manda ver, Dorian!
Obs 2: Não se apegue à nenhum personagem. Conselho de amigo.
Obs 3: Temos a participação de uma personagem que estará num outro livro de um outro autor. Só não posso contar quem é :v
Obs 4: Prepare-se psicologicamente para o final do livro. Sabe por quê? Vai dar merda.

Nota:


9 comentários:

  1. Gostei muito da resenha, e sempre quando visito uma livraria fico namorando esse livro kkk
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não comprou por receio, pode ler sem medo, pois a história é incrível <3
      Abraços :3

      Excluir
  2. Haha... Tô com uma pontinha de inveja por vc ter lido e eu não rs. Já entrou para a listinha e aguardo ansiosa para conhecer Dorian kkkk. Bjss
    Érica.
    P.S. Adorei o charme e o ar de mistério q o capuz deu. Adorei essa capa.♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é só capa. A história é maravilhosa *--*
      Não sinta inveja. Pode ler também u.u
      Beijos :3

      Excluir
    2. Percebi pela sua euforia o quão bom esse livro. Parece ser rsrs... a capa é só um bónus...
      Vlw a dica...
      =D

      Excluir
  3. Bem interessante, você demostrou ser bom amei a capa, sou dessas que compra pela capa rsrsrsrs.beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é realmente bom, pode ler sem medo haha
      Abraços :3

      Excluir
  4. Adorei a resenha e já fiquei com vontade de ler, me lembra muito Shadowhunters =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora escreve muito bem. Se você gosta de Shadowhunters, vai amar essa história :3

      Excluir