04/03/2016

[Curiosidades] Manuscrito 512

Que o mundo é cheio de mistérios todo mundo já sabe. Mas você sabia que a cultura brasileira também tem seus próprios mistérios?

O Manuscrito 512 é um arquivo escrito à mão, em meados do século 18, e foi encontrado na Biblioteca Nacional durante o século 19, onde encontra-se até hoje. Esse manuscrito narra, com detalhes, a jornada de um grupo de bandeirantes que descobre uma cidade perdida no estado da Bahia. Atualmente, o acesso à esse documento é extremamente RESTRITO. Você não pode ler, olhar ou nem mesmo chegar perto. Entretanto, há uma versão digitalizada do documento na internet, a qual você pode conferir aqui, mas vai saber se algo foi alterado em relação ao documento original.

A história se passa em 1753, durante a expedição de um grupo do estado de São Paulo até a Bahia, em busca da mina de Muribeca. De acordo com o documento, bastante detalhado, eles encontraram uma imensa montanha brilhante, coberta de cristais. Aquilo chamou tanto a atenção dos exploradores (convenhamos, tem como isso não chamar a atenção?) que eles decidiram caminhar até o topo dessa montanha. Chegando lá, eles acabaram se deparando com uma cidade. Só havia uma única entrada para essa cidade, formado por três arcos de pedra gigantescos. No centro da cidade, numa praça, uma grande pedra trazia inscrições indecifráveis. Nessa mesma praça, o autor do manuscrito relata que havia a estátua de um homem nu até a cintura, apontando para o norte. Toda a arquitetura da cidade era algo novo para eles. Eles nunca tinham visto algo do tipo, pois todo o local parecia ter sido construído há muito tempo atrás. Como se já não bastasse todo esse mistério, algumas casas estavam em ruínas e a cidade estava abandonada.

Próximo à praça, havia um grande edifício, também em ruínas, feito de pedras, e que parecia ser um templo. Do outro lado da praça, um longo rio levava à uma cachoeira. Dentro desse rio, eles encontraram várias coisas misteriosas. Ali, haviam várias sepulturas, com inscrições parecidas com as inscrições que eles viram na pedra da praça. Também encontraram uma moeda de ouro - de origem desconhecida. Um dos lados da moeda trazia um homem ajoelhado; o outro lado trazia uma coroa, arcos e flechas.

Eles permaneceram caminhando pela margem do rio, durante três dias, e acabaram encontrando pedras gigantescas. Adivinhem só? Essas pedras possuíam as mesmas inscrições desconhecidas. Foi aí que, teoricamente, eles teriam chegada à mina de Muribeca. De acordo com as descrições, os traços da arquitetura da cidade lembra muito os traços dos vikings. Até hoje, várias pessoas vão em busca desse local misterioso descrito no Manuscrito 512, mas ninguém tem nenhuma prova concreta de que a cidade realmente existiu. Talvez alguém tenha encontrado a cidade e o tesouro, mas tomou tudo para si e preferiu ficar de bico fechado.

Acredita-se que o manuscrito foi escrito pelos próprios integrantes do grupo, e depois enviado para o Rio de Janeiro. Várias lendas foram criadas em cima dessa história, incluindo a de que tal cidade só pode ser acessada por portais místicos, e de que você precisaria de um estudo gigantesco para poder chegar lá.

O legal dessa história toda? Como se não bastasse todo o mistério envolvido, é um mistério arqueológico que se passa no Brasil! Há vários mistérios arqueológicos perdidos por aí, e saber que o  Brasil tem um é uma coisa insana!



10 comentários:

  1. Nossa Jess que legal, e assim como você disse o mais legal do mistério é que ele se passa aqui no Brasil, acho que temos que ir nos aventurar lá na Bahia, que tal? rs
    Bjs

    www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Já estou até montando a equipe. Quando vamos? haha

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu adoro essas coisa. Como eu faço letras achei um lugar que eu posso trabalhar com esses texto aqui no Rio, é a casa de Rui Barbosa. Agora só falta conseguir entrar hahaha.
    Beijinhos.
    www.cantinhodameninice.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá. Te nomeei para responder a Tag Liebster Award. Assim que fizer o post te aviso. Agradeço.

    ResponderExcluir
  5. Olá... Aqui estou eu de novo rs.
    Aqui está o endereço para vc responder a Tag. Agradeço muitao http://vidadeuniversitariadepoisdos18.blogspot.com.br/2016/03/respondendo-tag-liebster-award.html?m=1

    ResponderExcluir
  6. Pensa que doideira encontrar isso?!
    Brasil tem seus tesouros e mistérios e muitas vezes nem nos damos conta.
    Partiu fazer uma expedição Jess?! rs
    Bahia aí vamos nós! O/
    Érica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bóra kkkkk
      Se acharmos, nós é que seremos lendas kkkk

      Excluir
  7. Eeita que posso ir nessa espedição também?? Kkk
    Gnt que legal, nunca tinha ouvido lar disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Partiu. Vamos juntar o resto da turma e ir haha
      Brasil tem umas coisas maneiras. Nós é que não sabemos :/

      Excluir