03/08/2015

[Novidades] Divulgada capa de O Portal de Oriun

Oi galerinha, tudo de boa na lagoa? Por aqui ta tudo ótimo.
Hoje, em sua página pessoal do FB, o autor Aldemir Alves da Silva (Os Livros de Esteros) divulgou a capa de sua nova obra, intitulada O Portal de Oriun. O livro, que tem previsão de publicação para o fim desse ano, está sendo revisado. Em breve mais informações sobre a obra devem ser divulgadas.
E aí, o que acharam da capa? Entre as capas dos livros do Aldemir, de longe, essa é a mais pika das galáxias. Tá incrível demais!

SinopseO fim dos tempos é anunciado, o Ragnarök enfim teve início, o céu escurece e as estrelas sucumbem contra os planetas que são consumidos pela destruição. A fúria dos mares consome a vida na terra e os seres humanos são extintos. O Ragnarök destrói Alfheim que é engolida pelo Érebo, o equilíbrio entre os mundos é abalado. A árvore da vida, Yggdrasil, sucumbe em cinzas.
Mas outros deuses sobreviveram das ruínas da batalha, um novo sol ressurgiu no céu, e Zeus (o deus grego), o pai dos homens, trouxe vida a uma nova terra que se ergueu entre os mares. Arin e Cesar, os dois únicos humanos sobreviventes, que se esconderam sob as raízes de Yggdrasil, a árvore que sustentava os nove mundos, repovoarão o mundo. Agora livre de seus males, finalmente houve um tempo de harmonia entre deuses e homens.
A paz não duraria para sempre, pois se existe o bem também existe a possibilidade do ressurgimento do caos, o bem e o mal são forças fadadas a lutar pelo resto da existência divina. Um novo tirano se ergue entre as trevas, e com ele à sede pelo poder a qualquer preço. Alianças foram abaladas, vidas sacrificadas, batalhas travadas, a supremacia benéfica deixou de existir. A ganância de Zarc se alastrou infinitamente e até mesmo as crianças eram obrigadas a integrar os seus exércitos. A terceira parte de Orion havia sido devastada completamente. Mas após quinze anos de tormenta, a esperança ressurge novamente - renasce, junto aos filhos de Egoz.




Nenhum comentário:

Postar um comentário