17/10/2014

[Resenha] Os Livros de Esteros

Os Livros de Esteros foi um livro que me intrigou bastante. Confesso que nunca fui muito fã de literatura fantástica mas, após esse livro, acho que é digno que eu leia esse tipo de literatura. É uma obra nacional, do autor Aldemir Alves da Silva. Comecemos pela capa, que é simplesmente fantástica e com certeza chama bastante a atenção dos leitores. O autor consegue prender-nos na história, com seu modo de escrever, que é bastante diferente do que eu estava acostumado a ver. Com personagens cativantes e cheios de sentimentos, sejam eles bons ou ruins, o reino de Esteros é construído.

O rei Mussafar possui dois filhos, Vamcast e seu irmão caçula, Andor. O caçula sempre teve mais atenção do pai, e isso fez com que o ódio de Vamcast aumentasse cada dia mais, transformando-o completamente. Quando Mussafar percebeu, já era tarde demais, e seu filho querido havia se transformado num monstro assassino. Há vários monstros, inúmeras batalhas, e todas elas são muito bem descritas pelo autor. O leitor se sente como se ele estivesse assistindo as lutas de camarote.
O livro é uma lição de vida para muitos pais desatentos que, às vezes, não dão toda a atenção que seu filho merece, e nem acompanham o seu desenvolvimento.

Ao meu ver, a história é um prato cheio para os fãs de literatura fantástica, e tem potencial suficiente para agradar todos os leitores, ainda mais por ter um final surpreendente, nos deixando com um gostinho de “quero mais”.

Livro: Os Livros de Esteros
Autor: Aldemir Alves da Silva
Editora: Selo Jovem


Nenhum comentário:

Postar um comentário